By ACAD Brasil • September 29, 2021

5 Formas de usar apps que podem beneficiar sua academia

Veja como usar aplicativos de saúde e fitness para impulsionar seu negócio

Os aplicativos têm se tornado cada vez mais parte da vida de todos. Segundo a Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores, em 2021, a Apple App Store passou a oferecer 2,23 milhões de apps e o Google Play 3,48 milhões. Entre os apps que cresceram muito estão aqueles relacionados à saúde e fitness. Em 2015, só nestas duas plataformas, foram mais de 55 mil e em 2021 esse número disparou para mais de 100 mil.

O universo de aplicativos é extremamente popular. De acordo com dados divulgados no relatório do BuildFire intitulado Estatísticas de Download e Uso de Aplicativos Móveis 2021, proprietários de smartphone usam, em média, 10 aplicativos por dia e 30 aplicativos por mês; 69% de todo o tempo de mídia digital dos EUA é derivado de apps móveis; 21% dos millennials (pessoas nascidas entre 1981 e 1995) abrem apps mais de 50 vezes diariamente; e 49% das pessoas usam um aplicativo mais de 11 vezes por dia. Então, se você está pensando em entrar nesta briga, sua academia pode ter muito a ganhar. Os cinco destaques a seguir dão a dica de alguns dos possíveis benefícios para o seu negócio.

 Depositphotos_78294318_s-2019

1 - Reforçando sua marca

Certamente, a marca visual na forma do logotipo da sua academia é uma vantagem, mas o maior benefício de um aplicativo próprio da marca é a capacidade de projetar e configurar a experiência do cliente. E que essa experiência seja alinhada em todos os pontos de contato, onde quer que esse cliente esteja, a qualquer momento. A demanda é alta para plataformas de fitness móvel. Com os serviços móveis sendo imperativos nos dias de hoje, uma marca não pode perder as oportunidades que vêm com o app, que oferece uma ampla gama de opções de serviços. A Applied Fitness Solutions (AFS) tem dois aplicativos de marca: um para comunicação e agendamento de clientes e outro para exercícios virtuais. “Mais do que qualquer outra coisa, a tecnologia nos permite ampliar nosso alcance e marcar presença em nossa comunidade. Isso era importante antes de Covid -19 e é ainda mais agora. Queremos que nossos clientes sintam como se estivéssemos sempre lá para eles, mesmo que eles não estejam em nossas instalações. E a tecnologia móvel permite isso. Sabemos que conectar-se com nossos clientes é fundamental para experiência, resultados e, finalmente, retenção,” diz Michael Stack, CEO da AFS.

“As conexões dos clientes com cada unidade da academia são essenciais. Ter o logotipo da sua academia visível no celular do seu cliente é uma super vantagem.” Eric Scmitz, presidente da California Athetic Clubs, EUA

2 – Suporte à retenção

Um dos principais fatores de retenção são os resultados. Quando os clientes veem claramente o progresso e o sucesso em alcançar seus objetivos é um poderoso motivador em termos de continuar suas jornadas de fitness e de saúde pessoal. Os aplicativos dão às academias o poder de abordar proativamente os objetivos dos clientes. Assim, permite o fomento de uma conexão mais profunda com os clientes, que transcende o suporte físico e começa a abranger o apoio emocional. É essa conexão que impulsiona a retenção.

As academias podem rever a atividade e o cumprimento de um programa e recompensar os clientes que pontuam muito. Um recurso de conformidade do programa, por exemplo, pode marcar automaticamente os clientes cada vez que um plano de treino ou nutrição for concluído. Isso permite que a academia identifique facilmente qual cliente pode precisar de apoio adicional e com quem comemorar o sucesso. Neste aspecto, a relação do cliente com a academia é a chave para a retenção.

3 – Integrando saúde  e bem-estar

Um app de academia deve ser capaz de integrar muitas áreas de bem-estar e de sincronizar com aplicativos externos e rastreadores que o cliente já usa. Não se trata mais apenas de exercício. O bem-estar se concentra na saúde mental, nutricional e física. À medida que os consumidores continuam a se envolver com marcas de fitness, eles esperam ter todas as suas necessidades de bem-estar atendidas. Muitos aplicativos de fitness agora se integram com outros de bem-estar. E as funções podem incluir metas, avaliações, medição, testes de aptidão, prescrição de programas com progressão automática e gerenciamento inteligente de grupos

“Seja um serviço de intervenção em saúde, aconselhamento nutricional ou algum outro serviço de bem-estar, ele deve poder ser entregue pessoalmente ou através de um app.” Francesco Arlotti, chefe de soluções digitais da Technogym.

4 – Up Selling

Uma maneira de pensar em um app de academia é como um fluxo de receita automatizado, especialmente em termos de up-selling e cross-selling. Com base nos dados que as academias têm sobre os clientes, é possível oferecer pacotes adicionais, aulas avulsas, treinamento pessoal baseadas no perfil e nas metas de fitness, produtos especiais para clientes do programa de fidelidade e até oportunidades de workshop — tudo em tempo real, já que o cliente está interagindo com o aplicativo e com nossa marca.

Depositphotos_79562118_s-2019

5 – Rastreamento de dados para melhores resultados

A análise de dados é um elemento crítico da missão as operações de negócios, bem como o planejamento estratégico. “Desenvolvemos um CRM proprietário que nos permite aproveitar os dados de nossos aplicativos através de ferramentas personalizadas de emissão de relatórios que analisam métricas específicas de engajamento de clientes. Estamos procurando tendências que sugiram coisas que queremos amplificar em nossos negócios, ou que precisa ser consertado urgentemente. As métricas mais importantes estão relacionadas ao engajamento de novos clientes em nos primeiros 90 dias. Usamos um conjunto de métricas para garantir que o período seja cuidadosamente abordado, pois será determinante para a retenção a longo prazo,” conclui Stack. Segundo Francesco Arlotti, a acessibilidade aos dados, deve ser um componente fundamental de um aplicativo. “Através do app, cada academia deve ser capaz de monitorar KPIs de negócios, obter insights poderosos do usuário e tomar decisões informadas para melhorar o desempenho dos negócios e a experiência do cliente. Por meio de painéis dinâmicos, relatórios e widgets, os apps ajudam a entender quem está ativo e quem precisa de interação, bem como insights sobre frequência, classificações de experiência e instrutores e equipamentos. Os gestores de academias podem potencialmente supervisionar toda a jornada do cliente.” Os aplicativos móveis têm o potencial de manter os clientes mais próximos da sua academia, estimular a retenção, descobrir oportunidades de receita e crescer seu negócio em geral. Assim, os app são uma super vantagem para quem quer prosperar no futuro.

 

Essa matéria foi adaptada a partir de um texto publicado na edição de agosto de 2021 da Revista CBI, da IHRSA, parceira da ACAD na produção de conteúdos para as academias